quarta-feira, 16 de abril de 2014

Frutas e chocolate










Quebre os Biscoitos em pedaços pequenos e reserve. Pique o Chocolate, divida-o em três partes iguais e despeje duas partes em uma tigela bem seca. Torne a picar finamente a parte restante e reserve. Aqueça uma panela com água até que atinja a temperatura de 48°C, ou seja, suportável ao contato da mão. Retire do fogo. Coloque a tigela com as duas partes de Chocolate na panela de água quente, mexendo lentamente até derreter completamente. Retire a tigela do banho-maria e junte o restante do Chocolate picado. Mexa até derreter completamente. Continue mexendo para esfriar até 28°C (encostando um pouco de Chocolate no lábio, a sensação deve ser de frio). Retire as uvas do cacho, lave-as bem e seque com papel toalha. Lave os morangos, retire os cabinhos e seque-os com papel toalha. Descasque as bananas e corte-as em rodelas. Espete todas as frutas em palitos para churrasco. Cubra-as com o Chocolate derretido, escorra o excesso de Chocolate e passe-as no Biscoito esfarelado. Espere o Chocolate secar e sirva.

DICA:
- Forre meia esfera de isopor com papel de alumínio e espete os pirulitos de chocolate, para secarem.
 
Faz Bem Saber:
Procure consumir frutas todos os dias. Além de fontes de vitaminas e minerais, elas hidratam o organismo e são ricas em fibras.








Fonte:Site Nestlé

Deixe aqui o seu comentário.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Moda das franjas


Outono/Inverno 2014 da Chanel (Franjas)

A coleção intitulada como Métiers d’Art  Pre Fall 2014/15, onde foi realizado do Texas(EUA), com o tema de sua coleção Paris-Dallas, as inspirações foi bem no clima do local escolhido para o desfile.
A Chanel explorou o mundo dos cowboys e índios Americanos, onde as franjas ganharam um destaque todo especial na sua coleção, tornado-se assim desejo absoluto da mulherada. Na nova coleção se viu também muito xadrez, tricô, jeans, botas e calças de montaria e muitas bolsas estilo cowgirl.
Sabendo disso, separei alguns looks para inspiração, com muitas franjas!











Ps: sabemos que as franjas já existe há algum tempo, então vale a pena usar e abusar dessa peça tão estilosa e que nunca sai de moda!






Beijoos Lindonas!!
Ailma Souza Acessa: As Estilosas.

















Deixe aqui o seu comentário.

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Nouba Make Up

Olá meus amores! Você já ouviu falar da marca Nouba? Eu também não conhecia, mas fiquei encantada com a qualidade desta linha de maquiagem  profissional que é italiana e chegou a Caruaru a pouco tempo. Com designer super moderno nas embalagens os produtos tem uma pigmentação maravilhosa e textura incrível. O batom em forma de gloss é de alta duração e promete encantar as apaixonadas por make Up. A linha ainda possui pincéis, bases, esmaltes, corretivos e tudo mais pra você arrasar!














Nouba Make Up
Avenida Prof José Leão, 468-A
Maurício de Nassau

Deixe aqui o seu comentário.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Moda dos cintos

Use e abuse dos Cintos!


Lindos, funcionais e estilosos os cintos já fazem parte do look da mulherada já algum tempo, mais antes sua função que era ajustar aquela peça folgada, mais isso tornou-se coisa do passado. Os cintos são literalmente acessório de moda hoje em dia. Eles são simplesmente indispensáveis na composição do look!
Vindo agora totalmente repaginados eles ganharam seu lugar garantido no closet de toda mulher antenada. Os cintos mais desejados no momento são aqueles das fivelas grandes, com cobra,  elefantes, caveiras, asas, pedraria colorida e símbolos das marcas top do momento.
Bem, eu super amo e uso e abuso dos cintos praticamente todos os dias!
Ai vai alguns modelos dos mais usados e desejados do momento para inspiração!














Beijoos Lindonas!

Ailma Souza 
Acessa: As Estilosas.
















Deixe aqui o seu comentário.

segunda-feira, 31 de março de 2014

Hipertensão - Assassina silenciosa



HIPERTENSÃO – COMO DRIBLAR A ASSASSINA SILENCIOSA

Doença silenciosa (por não apresentar sintomas), democrática (por atingir homens, mulheres, magros, gordos, idosos, jovens, brancos e negros) e que já afeta cerca de 57 milhões de brasileiros ou 30% da população.
Pois é, quem pensar que a hipertensão é coisa de pessoas avançadas em idade pode mudar de idéia. Cerca de 15% de pessoas acima de 20 anos de idade apresentam hipertensão. A questão fica mais séria ainda, pois quanto mais cedo esse problema se instala, maiores são os riscos que uma pessoa corre ao longo da vida.
Pensar: “Eu não sinto nada, então minha pressão deve estar normal”. Tanto não é verdade esse argumento que por essa razão a PRESSÃO ALTA é considerada o ASSASSINO SILENCIOSO. A maioria das pessoas só descobre serem portadores de problemas com a pressão em algum exame casual, quando vão ao médico por outros motivos Por outro lado, há pessoas que ao irem a um exame médico apresentam a chamada “pressão alta do jaleco branco”. O simples pensamento de ser examinada já eleva temporariamente a pressão, embora a pessoa não seja hipertensa.

PRESSÃO
·         O corpo apresenta dois tipos de níveis de pressão  o sangue. Ao bater o coração se contrai e força o sangue a irrigar todas as partes do corpo, usando as veias e artérias como via de tráfego. Nesse momento, obtém-se a pressão sistólica, ou máxima.
·         Quando o coração relaxa, o sangue retorna das diversas partes do corpo e novamente enche as câmaras. Nesse momento pode ser registrada a pressão mínima ou diastólica.
·         Em uma pressão de 150 por 90 (15 por 9), significa que a máxima é de 150 e a mínima é de 90.
·         Os médicos consideram normal a pressão média de 12 por 8.
·         De acordo com a atividade que estivermos exercendo no momento, essa medida pode oscilar para mais ou para menos.
·         A pressão arterial que depois de aferida ultrapassar o limite de 14 por 9, atualmente já é caracterizada um quadro de hipertensão arterial.

VOCÊ SABE SE É HIPERTENSO?
·          Foi definida como hipertensão, indivíduos com pressão sanguínea de valor igual ou superior a 140/90 mmHg para um adulto jovem.
·         Esta definição surgiu após 12 anos de experiência em 350 mil indivíduos de idades entre os 18 e 74 anos confirmados posteriormente pelo estudo do Sétimo Relatório da Comissão Nacional (JNC7) do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA.
·         No adulto com mais de 74 anos, (faixa etária não englobada no estudo JNC7) pode-se aceitar um limite de 150/90 mmHg, tendo em conta a rigidez fisiológica da parede arterial.
·         Então para ser declarado portador de pressão alta, devem ser realizadas três aferições diferentes de pressão, sendo necessário que a pressão seja igual ou superior a 140 x 90 mmhg.
·         Se houver dúvidas quanto ao resultado da pressão ter sido influenciada devido ao medo do médico, deve ser realizada uma verificação por um período de um dia. Isso é realizado através da instalação de um aparelho portátil que monitora a pressão em todas as circunstâncias do dia e durante a noite.

As orientações da ESH-ESC de 2007 e da BHS IV de 2004, subdividem os valores de pressão inferiores a 140/90 nas categorias ótimo, normal e normal alta.

Sociedade Brasileira de Cardiologia
Sociedade Brasileira de Hipertensão
Sociedade Brasileira de Nefrologia
Pressão sistólica
(mmHg)
Pressão diastólica
(mmHg)
Ótima
<120 o:p="">
<80 o:p="">
Normal
120–129
80-84
Limítrofe
130–139
85-89
Hipertensão estágio I
140-159
90-99
Hipertensão estágio II
160-179
100-109
Hipertensão estágio III
≥ 180
≥ 110
Hipertensão sistólica isolada
≥ 140
< 90

IMPACTO DA HIPERTENSÃO SOBRE O CORPO
·       Cabeça – As artérias que irrigam as membranas que recobrem o cérebro e a medula espinhal são prejudicadas pela pressão alta, favorecendo a dor de cabeça.
·       Cérebro – Derrame. As artérias cerebrais entupidas rompem devido a elevação da pressão. Privadas do oxigênio transportado pelo sangue, as células morrem, dando origem às paralisias.
·       Olhos – Pode haver hemorragias na micro-circulação da retina, ocasionando alterações visuais e até cegueira.
·       Ouvidos – A pressão elevada pode inflamar o labirinto, estrutura do ouvido médio relacionada com o equilíbrio, provocando labirintite.
·       Coração – Muita gordura na alimentação pode diminuir o calibre das artérias e veias. O coração passa a receber menos sangue do que o necessário. A pressão arterial vai se elevar por que o coração terá que bombear o sangue com mais força para que ele passe nos canais estreitados. A hipertensão acelera cerca de cinco vezes o processo de entupimento das artérias. O resultado é a dor no peito conhecida como angina. A depender da gravidade do bloqueio, o infarto vem a seguir.
·       Rins – Uremia. É provocada por acúmulo de toxinas. O problema é gerado por deficiência na filtragem do sangue, visto que a hipertensão destrói as células renais. A solução é diálise e transplante.

CORAÇÃO E HIPERTENSÃO
O coração é o único órgão interno que pode ser sentido sem a necessidade de aparelhos médicos. Basta levar a mão ao peito para perceber o coração lá dentro, no seu ritmo incessante bombeando sangue no organismo. Porém nessa viagem do sangue pelo corpo podem surgir caminhos estreitos, fazendo com que a pressão exercida sobre os vasos sanguíneos seja maior do que o normal. Basta um pequeno obstáculo para se instalar um qudro de pressão alta.
Ao bater, o coração exerce uma pressão em todas as artérias, os vasos sanguíneos que chegam a todos os órgãos e tecidos. O coração funciona como uma torneira ligada a vários esguichos. “Se eu abro a torneira e fecho a ponta do esguicho, a pressão exercida sobre o esguicho vai subir. É a mesma coisa no coração. Se ele está bombeando sangue e os vasos se estreitam, a pressão dentro dos vasos aumenta”.
Os motivos por que esses vasos se estreitam são vários. Vão desde a genética ou atividade hormonal de cada um, passando pelo estilo de vida, chegando ao tipo de alimentação e à motivação pessoal para levar uma vida regrada.

FATORES DE RISCO
·       Hereditariedade – 95% dos hipertensos são filhos de hipertensos. “Essa carga genética faz com que haja hiperatividade do sistema nervoso que fecha os vasos sanguíneos, pois todos os vasos têm terminações nervosas que são controladas por esse sistema
·       Sedentarismo – Na sociedade consumista em que vivemos, há muita confusão na escala de valores individuais e sociais. Uma delas sem dúvida é confundir vida confortável com vida saudável. O controle remoto do aparelho de TV, os elevadores, o carro em que tudo é automático, as escadas rolantes, etc., tudo que contribui para um conforto cada vez maior; porém, nocivo à saúde, principalmente dos vasos e circulação sanguíneos. Para a maioria dos hipertensos, separar tempo para fazer exercício parece impossível. O ato de fazê-lo, então, é um sacrifício impensável. Arranjam-se sucessivas justificativas para provar a impraticabilidade de uma e de outra coisa. Resultado: está aberto o caminho para a instalação da doença, com diminuição do volume de oxigênio disponível, o enfraquecimento dos vasos, empobrecimento do metabolismo e acúmulo de depósitos obstrutores.
·       Colesterol – Hoje o colesterol é o mais temido dentre os vilões que se depositam nos vasos sanguíneos (aterosclerose), diminuindo o espaço disponível e gerando mais pressão (hipertensão) para a passagem do sangue.
·       Obesidade – É fácil compreender a razão pela qual a obesidade está alinhada como um dos fatores de risco para a hipertensão. Dos mecanismos conhecidos, relacionando a obesidade e hipertensão, destaca-se o papel da resistência aumentada à insulina, com consequente hiperisulinemia, a qual acarreta aumento do conteúdo de sódio com resultante hipertensão arterial. A relação entre obesidade e doença cardiovascular tem sido estabelecida através de estudos que mostram correlação entre adiposidade, intolerância a glicose e desenvolvimento de aterosclerose no jovem. Nesses casos, a presença de aterosclerose se junta aos níveis elevados de insulina e triglicerídeos no sangue, com baixos níveis do bom colesterol, levando ao aumento da pressão arterial.
·       Apnéia do sono – A lista de motivos porque os gordinhos estão mais suscetíveis a hipertensão não termina aí. Eles também tendem a ter apnéia obstrutiva do sono, aquele roncador crônico que tem sonolência diurna devido às noites de sono mal-dormidas. Os obesos tendem a ter esse tipo de apnéia que está associada ao aumento da pressão. Além disso o próprio tecido gorduroso excreta substâncias, como ácidos graxos livres que fazem com que a pressão aumente. Emagrecer é fundamental para controlar a pressão. Mais da metade dos portadores da apnéia obstrutiva do sono têm hipertensão.
·       Tabagismo – O tabagismo acelera o processo de aterosclerose e predispõe à maior incidência de problemas isquêmicos. A nicotina aumenta a freqüência cardíaca e a pressão sanguínea causando um estresse hemodinâmico. Causa lesão endotelial (parte interna dos vasos), atua na elevação dos níveis do mau colesterol e redução do bom, aumenta coagulabilidade sanguínea e causa uma hipoxemia relativa (falta de oxigênio) devido ao maior teor de monóxido de carbono no sangue dos fumantes.
·       Estresse – De todos os fatores, esse é o menos levado em consideração, para grande prejuízo dos portadores. Pressionadas pelas dificuldades da vida, as pessoas procuram multiplicar horas de trabalho com aumento ou não da renda. Muitos só se dão conta do quanto estavam estressados quando despertam após uma crise hipertensiva, um infarto, ou início de derrame. Longe de ser apenas um cansaço passageiro, o estresse é um fator grave de ameaça à saúde, decorrente da conexão mente-emoções-físico. É fundamental reconhecer as características do estresse no organismo, para livrar-se dele logo no início.
·       Excesso de sal – Dr, Moysés Paciornik, falecido recentemente aos 95 anos dizia: “Evite os três pós brancos para envelhecer com saúde”. Os pós brancos a que ele se referia eram o açúcar, a farinha e o sal. Esse último é considerado veneno mortal para os hipertensos, pois em excesso retém água e aumenta a quantidade de líquido dentro dos vasos sanguíneos – estreitando a largura das artérias. Por isso a recomendação dos médicos em se consumir até 5g de sal por dia e evitar alimentos enlatados e embutidos, como presunto, salsicha, salame e mortadela (as versões vegetais desses produtos também devem ser evitadas). Pois estes alimentos contêm generosas porções de sal para manter a conservação

INIMIGOS NO PRATO QUE PODEM AGRAVAR A PRESSÃO ALTA
QUANTIDADE
ALIMENTO
SÓDIO
100g
Bacalhau salgado
13.585 mg
100g
Azeitona verde
2.983 mg
100g
Caldo de carne
2.329 mg
100g
Macarrão instantâneo
1.516 mg
100g
Salgadinho industrializado
1.450 mg
100g
Salame
1.150 mg
100g
Biscoito salgado Cream Crack
854 mg
100g
Cereal matinal milho
655 mg
100g
Pão francês
648 mg
100g
Hambúrguer bovino
575 mg
100g
Salsicha
575 mg
100g
Mortadela
532 mg
100g
Extrato de tomate
498 mg
100g
Bolo Industrializado
231 mg
100g
Biscoito maisena
125 mg
100g
Refrigerante zero calorias
49 mg
100g
Achocolatado em pó
30 mg
*Recomendação diária de sódio = 2400 mg = (6 Col (café) de sal)

Obs. O sal pode vir disfarçado de sódio, cloreto de sódio, glutamato monossódico ou bicarbonato de sódio. Por isso muita atenção ao comprar qualquer produto industrializado. Observe o rótulo antes de comprar!!!

ALIMENTOS QUE CONTRIBUEM PARA EXCREÇÃO DE SÓDIO
·         Alimentos ricos em água
Pepino                  96% de água
Alface                   96% de água
Melancia              96% de água
Salsão                  95% de água
Tomate                 94% de água
Brócolis                92% de água
Espinafre             92% de água
Cenoura                               90% de agua

·         Alimentos ricos em potássio
QUANTIDADE
ALIMENTO
SÓDIO
300 g
Polpa de açaí
2.796 mg
20 unidades
Damasco Seco
2.008 mg
4 Conchas
Feijão cozido
1.600 mg
4 Col (sopa)
Inhame cozido
920 mg
10 Unidades
Castanha-do-pará
775 mg
3 Unidades
Kiwi
697 mg
3 Unidades
Banana
666 mg
4 Col (sopa)
Uva passa
600 mg
4 Col (sopa)
Espinafre cozido
466 mg
1 Copo
Água de coco
432 mg

COMO MINIMIZAR O USO DE SAL NOS ALIMENTOS
Podemos usar, sem riscos para a saúde, condimentos como salsa e cebolinha, salsa desidratada, gengibre em pó, aipo, alecrim, hortelã, mostarda, sálvia, tomilho, manjericão, manjerona, curry, coentro, orégano, coentro, páprica, louro, alho e cebola, sal de ervas (Bata no liquidificador em partes iguais: alecrim, manjericão, orégano, sálvia, salsinha e sal), e use como tempero no preparo de alimentos.

ALIADOS NO PRATO QUE PODEM AUXILIAR NO CONTROLE DA PRESSÃO
·       Suco de uva – Contém bioflavonóides que combatem os radicais livres e relaxam os vasos sanguíneos. Consuma de um a dois cálices por dia.
·       Cereais integrais (aveia, farelo de trigo, arroz integral e outros) – Por serem ricos em fibras, auxiliam na redução das taxas de colesterol e pressão sanguínea. Podem ser consumidos juntamente com frutas e vitaminas.
·       Feijão, ervilha seca e banana-passa – Importantes fontes de potássio, auxiliam a regular a quantidade de água nas células.
·       Oleaginosas (castanha de caju, castanha do Pará, nozes, avelã, pistache sem sal) – Fontes de gorduras insaturadas. Lembre-se a gordura saturada presente na carne favorece o estreitamento dos vasos.
·       Linhaça e chia e óleo de linhaça e de chia – Ricos em ômega-3, têm efeito vasodilatador, importante na prevenção e controle de doenças cardiovasculares e hipertensão.
·       Cápsulas de óleo de alho – Aumentam a elasticidade dos vasos e com isso auxiliam a circulação diminuindo a pressão sanguínea.
·       Gérmen de trigo e óleo de gérmen de trigo – Fontes de vitamina E, possuem efeito anticoagulante



OS MANDAMENTOS CONTRA A HIPERTENSÃO
·         Faça aferição de pressão pelo menos uma vez por ano;
·         Pratique atividades físicas pelo menos cinco vezes por semana;
·         Mantenha o peso ideal, evite a obesidade;
·         Adote uma alimentação saudável com pouco sal e mais frutas, legumes e verduras;
·         Prefira alimentos assados, grelhados ou cozidos. Evite frituras;
·         Beba mais água;
·         Em vez o sal, utilize temperos como alho, cebola, limão, pimentão, orégano, alecrim, manjericão, etc...;
·         Não use bebida alcoólica;
·         Abandone o cigarro;
·         Evite estresse. Tenha tempo para família, os amigos, e o lazer;
·         Ame e seja amado. A saúde emocional influencia no aparecimento e no tratamento de muitas doenças;
·         Siga as orientações do seu médico ou profissional de saúde.

“O primeiro passo para se mudar um quadro de hipertensão é dar conhecimento para as pessoas, instruí-las e orientá-las, mas isso ainda não é suficiente”.

“A pessoa precisa querer mudar”.




Centro Empresarial do Agreste (Cea) -Rua Paranaíba-99 - Maurício de Nassau - 1º andar- Sala 106- Fone: (81) 3041-3130 - 9959-9128 - 9411- 8218. 



Deixe aqui o seu comentário.